Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

# 009

            A cena que vi hoje serviu de ponto de partida para este post: uma senhora nos seus cinquenta e muitos sessenta e poucos anos a descompor um rapaz de vinte e tal anos que, no meio da rua, falava, moderadamente alto, com outro dizendo vários palavrões, que as pessoas á volta podiam ouvir.

            Não considero uma ofensa um jovem dizer palavrões à frente de alguém mais velho. Não me venham com tretas que é falta de respeito e não sei quê. O respeito é muito bonito quando tem dois sentidos, porque se só tiver um passa a ser hipocrisia. Não digo que não haja raras excepções, mas a maior parte das pessoas que se sentiriam ofendidíssimas e que exigem respeito aos mais novos, não os respeitam. Se alguém me vier dizer “Uma menina… a dizer asneiras…” eu sinto-me discriminada, desrespeitada. Quando vejo a minha geração apelidada de “rasca” sinto-me ofendida. Se me criticam pela roupa que visto, também me sinto discriminada. E ninguém me pode exigir que respeite quem não faz um esforço por me respeitar. Felizmente, não sou hipócrita.

 

sinto-me: sem paciência para tretas
música: Barcelona - Queen
publicado por miss_crash às 17:41
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. # 009

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds